Das cavernas à internet, a ilustração na divulgação científica – Giancarlo Pellizzarri

 

 

A cada ano que passa, a ciência tem feito novas descobertas que empurram para mais distante no passado a aurora da humanidade. O surgimento do pensamento abstrato seria o requisito primordial para o advento da consciência, característica que iria completar a transição evolutiva de certo primata no homo sapiens. Duas são as características que evidenciam o salto qualitativo que nos fez “sapiens”: a capacidade de venerar os mortos, revelada através de sepultamentos, e a habilidade de expressar pensamentos através da manifestação gráfica. Venerar, observar e desenhar, são esses atributos que nos fazem humanos.

Tcc-Gian

Anúncios